sábado, 31 de dezembro de 2011

2012!


É, o ano acabou. E com ele se foi as lembranças ruins. As boas? Permanecem intactas dentro do coração; ficam guardadas. E eu só tenho a agradecer a DEUS por mais um ano de vida, pelas vitorias, pelas conquistas... Pelos amores, pelas perdas, pelas lagrimas que um dia derramei... Pela minha Familia, pelos amigos que conquistei e os que já havia conquistado... Pelos colegas, pelos estudos, pelo trabalho, pela saúde. Agradeço a DEUS pelos gritos, pelas vontades, pelos desejos realizados, pelas brigas, pelas besteiras, pela comida. Agradeço pelos sorrisos, pelas viagens, pelas orações, pelos testemunhos, pelos abraços, pelos beijos. Pelas vezes que pude pular, dançar, brincar. Pelas vezes que fui criança, jovem, adulta e velha. Por todos os dias que se passou, bons ou ruins, eu agradeço! Agradeço porque DEUS nunca me abandonou, porque a Sua misericordia para comigo e com a minha familia sempre foi maior do que as nossas fraquezas. Agradeço por tudo, mas maiormente eu agradeço por DEUS existir em minha vida e por ter me ajudado a passar esse ano de 2011 e por estender as Tua Santas mãos para caminhar junto comigo neste ano de 2012!
Obrigada. Obrigada a você que de uma certa forma me orientou o caminho certo a seguir. Obrigada a você que fracassou comigo, pois você me deu boas lições de vida, um bom aprendizado. Obrigada a você que fez de pequeno momentos, os melhores; pois você me fez ver que a vida tem um sentido e que vale a pena lutar por ela, pela felicidade. Obrigada a você que simplesmente só existiu em minha vida, pois você, na sua simplicidade, me fez uma pessoa melhor. Obrigada a todos vocês que fazem parte da minha vida!
Que o Senhor DEUS possa nos iluminar e nos abençoar a mais uma jornada terrena, a mais um ano.
Felicidade, saude, amor e sucesso a todos familiares e amigos. Faça de cada dia uma oportunidade para ser feliz e seguir adiante; não espere o final de cada ano para recomeçar, faça isso dia após dia.
É ano novo! Hora de recomeçar; hora de ser feliz, muito feliz.
E que venha 2012. ;)

E lembre-se: Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3, 1)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Amigos



“Os meus amigos vivem reclamando da minha ausência, da minha distância, da minha mudança...”
“Ei, me perdoe, pode não ser o seu caso, mas isso aconteceu comigo também; só que isso era dito pelos meus colegas. Os meus amigos sentem falta e sabem da minha correria, e por meio dela eles ligam, perguntam como eu estou e dizem que estão com saudades, mas me entendem.
Amizade verdadeira é como o sol; não precisamos vê-lo para poder sentir a intensidade que existe nele.”

E diante desse dialogo que tive, eu fico a pensar: será que os meus amigos viraram meus colegas ou sempre foram e eu que não percebi?
Eu devo me culpar por isso?
Com o passar do tempo nós somos obrigados a amadurecer, a criar responsabilidades. E com isso, temos que abrir mãos de algumas coisas. Eu tive que fazer uma escolha; escolhi realizar os meus sonhos e construir o meu futuro, mas não deixei de amar os meus amigos, não deixei de pensar neles um só momento e nem de recordar dos nossos bons momentos juntos.
A correria do dia-a-dia pode até fazer com que eu não ligue, não mande uma mensagem, um e-mail ou coisa do tipo; mas, jamais, fará com que eu os esqueça. Pode até fazer com que eu esqueça datas especiais, mas não tem como esquecer o que esta presente no coração e nas melhores lembranças da vida.
Eu sempre me questiono: é a minha falta de tempo ou o teu orgulho?
A junção dos dois fizeram com que nos afastássemos.
As vezes me culpo por isso, mas as vezes a vida me mostra diferente.
Será que a minha falta de tempo não é apenas uma desculpa? Será que eu só serei importante se eu destinar parte dos meus dias a você? Será que o fato de eu ser mais reservada faz de mim uma pessoa menos digna da tua amizade? Será que fazer uma ligação para mim é um sacrifício para você?
São perguntas que eu, nesse momento, não saberei responder. Mas uma coisa eu tenho certeza: em meio a minha correria eu reconheci os meus verdadeiros amigos! DEUS, realmente, é extraordinariamente maravilhoso. Obrigada!

“O amor quando é amor, prevalece com o tempo ou no meio da falta de tempo.”

quarta-feira, 24 de agosto de 2011




"Deixo fluir na minha cabeça a consciência do 'eu posso'. Eu posso estar na paz. Impor essa paz é praticar o meu poder pessoal com responsabilidade divina, obtida por herança natural. O melhor para mim é um grande sorriso no peito. É a felicidade barata e fácil a que tenho direito. É tão simples pensar que o melhor está em mim! A beleza está em mim. A suavidade está em mim. A ternura, o calor, a lucidez e o esplendor das mais belas formas do universo estão em mim. Aí eu me abro inteira, viro do avesso e sinto que não há fronteiras nem barreiras para mim. Sinto que o limite é apenas uma impressão. Sinto que cada condição foi apenas a insistência de uma posição. Sinto que sou livre para deixar trocar qualquer posição por outra melhor. Sou livre para descartar qualquer pensamento ruim, qualquer sentimento ou hábito negativo, qualquer paixão dolorosa. Porque eu sou espírito. Sou luz da vida em forma de pessoa.

Ah, universo, eu estou aberta para o melhor para mim. Eu sei que muitas vezes sou levada por uma série de pensamentos ruins. Mas é porque eu não conhecia a força da perfeição. Eu não conhecia a lei do melhor. Agora eu me entrego, me comprometo comigo, com o universo e contigo. Vou manter a minha mente aberta. Esse momento me desperta, me traz a inspiração ao longo do dia onde se efetiva a luz que irradia para quem insiste no próprio aperfeiçoamento.

Não quero pensar nas minhas fraquezas. Quero olhar bem fundo nos meus olhos e ver como eu sou bonita, como fiz e faço coisas maravilhosas e como o meu peito está cheio de vontade. Eu assumo a responsabilidade sobre essas vontades e me projeto com força nessa identidade de saber que eu posso, sim, fazer o melhor. Despertar o meu espírito é viver nele. É ter a satisfação de ser eu mesma. É poder ser original, única, pequena e grande ao mesmo tempo. Sei agora que o melhor está a meu favor. Meu sucesso, aliás, é o sucesso de Deus que se manifesta em mim como pessoa em transformação. Eu sinto como se tivesse sentado nessa cadeira da solidez universal porque eu estou no meu melhor. Porque sou o sucesso da eternidade, porque estou há milhares de anos seguindo e não fui destruída. Porque o universo garante. Grito dentro de mim mesma: de todas as coisas da vida, o melhor ainda sou eu. O melhor sou eu!"

Nossa tarefa!






"O ser humano vivência a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior."
Albert Einstein

sábado, 6 de agosto de 2011

Aproveite o Momento!

A vida é feita de momentos, bons ou ruins, momentos. Ficamos alegres nos momentos felizes e choramos nos tristes. Arrependemos-nos? Não devemos nos arrepender nunca. Os bons são feitos para intensificar os sentimentos, os ruins são feitos para nos ensinar; ensinar a valorizar mais a nossa vida, ensinar a viver e aproveitar o que a vida tem de melhor. Não podemos lamentar pelos erros, mas podemos aprender com eles. Sabe como faço para aumentar a minha auto-estima? Eu sorrio. O sorriso é uma ótima terapia. Independente do momento. Não importa se você vai chorar ou sorrir, aproveite. Aproveite cada segundo da vida; agradeça por você poder chorar e sorrir. Agradeça por você poder viver! A vida é muito curta para que venhamos a pensar nas conseqüências ou venhamos a chorar lamentando algo que fizemos de errado ou que fizeram conosco. Não perca tempo com coisas que não te faz bem, que não te faz sorrir. Será que vale mesmo a pena viver a mesma coisa, chorar, sofrer; seja por alguém ou por alguma coisa? Ninguém vai buscar sua felicidade, apenas você. Lute, busque. Lute pelo o que lhe faz bem, lhe faz feliz. Busque novos horizontes, novos objetivos, novos sorrisos, novas razões. Saiba dar valor as pequenas coisas. Viva intensamente. Tenha amor próprio, priorizando suas vontades e virtudes. Cada momento é único, exclusivo, mesmo que nos arranque um sorriso ou uma lagrima. Valorize todos eles; priorize os bons e aprenda com os erros dos ruins. O que vale a pena nesta vida é viver cada momento como se fosse o ultimo; é viver sempre o presente para não se arrepender no futuro, e não deixar que o passado passe sem deixar marcas.

“Leve a frente dois vícios: sua felicidade, e sua vontade. Esses dois caminhando juntos levará você sempre ao extremo, onde ninguém poderá imaginar, pois só você saberá qual o melhor pra você, e uma decisão própria reflete muito mais, uma necessidade sua que deve ser obedecida.
...o mundo pode acabar, o tempo passar, as pessoas podem mudar, e você se pergunta, eu realmente vivi?”

''APROVEITE O DIA E CURTA CADA MOMENTO .''

Colha o Dia


As operações matemáticas da vida contrariam as regras da ciência, na vida as operações se contradizem, não respeitam a lógica, na vida nada é simples ou absoluto.

As somas muitas vezes se transformam em subtrações, elas parecem estar paralelas mas em sentidos opostos, quando somamos mais um dia aqueles que já vivemos automaticamente também subtraímos um dia daqueles que nos restam para viver, quando multiplicamos nossos sonhos também acabamos dividindo o nosso tempo, com isso a vida acaba se transformando para muitas pessoas em uma equação insolúvel , onde todos estão debruçados tentando obter o resultado final, sendo que na realidade o importante não está no resultado final, mas nas formas como você conseguiu equilibrar estas operações na vida.

O que afinal entendemos por aproveitar o dia presente se vivemos aprisionados entre o passado e o futuro.
Vivemos atormentados pelas nossas ações passadas que não podem mais ser alteradas, parecemos expectadores cativos do mesmo velho cinema abandonado onde nas madrugadas frias reprisa filmes de terror contendo somente os melhores momentos de nossos próprios erros e pecados, e ao invés de aprendermos com nossas falhas e arquiva-las, apenas voltamos á bilheteria para comprar um novo bilhete para a próxima sessão.
Ficamos sonhando ansiosos com um futuro que somente existirá se soubermos equacionar adequadamente as nossas ações no presente.

A solução para a equação da vida está no momento presente, é o resultado das suas atitudes e decisões agora, hoje, neste exato momento em que você está lendo esta linha do texto.

Não existe viver ontem ou amanhã , somente o HOJE .

Por isso Carpie diem

"Se tiver que amar, ame hoje. Se tiver que sorrir, sorria hoje. Se tiver que chorar, chore hoje. Pois o importante é viver hoje. O ontem já foi e o amanhã talvez não venha."

Carpe Diem


Carpe diem
Carpe Diem, "aproveite o dia presente", escreveu Horácio, um poeta guerreiro que habitou o vasto império romano, em tempos do principesco Augustus. Sensível como um barômetro, o velho Quintus Horatius Flaccus um dia elevou o olhar aos céus e captou o fluir silencioso das águas do rio tempo. A visão da transitoriedade aflorou na sentença: Carpe Diem, aproveite o dia presente, pois ele é tudo que é dado ao homem usufruir. Passado é história, água corrida que não volta. Futuro é hipótese, probabilidade apenas, incerteza e risco, impalpável demais para ser levada tão a sério.

Carpe Diem, nestas duas palavras latinas, um alerta, um conselho, uma filosofia de vida. Viver é já. Existir é hoje. Nenhum tempo além. Nenhum lugar além. Se tiver de ser, que seja eternamente agora. Ou talvez jamais, porque as águas do rio tempo não voltam – e ainda que voltassem não nos encontrariam, pois não seríamos mais os mesmos. Tudo flui, dizia Heródoto. Tudo muda. A única coisa que permanece é a improcedência. Nada é eterno, pois que tudo é chama, fluxo, incapacidade, escorregar-se, deixar de ser. Carpe Diem. Se tiver de viver, que seja agora.

A advertência de Horácio é sábia. É sobretudo útil. Talvez mais útil ainda nestes tempos sobrecarregados, de cenhos sombrios, estafados na tentativa de construir defesas antecipadas contra difusos perigos de um amanhã improvável. Apólices de seguro na mão, e vamos nós, seguros e inseguros.

Carpe Diem, ouçamos Horácio, que perscrustou uma verdadeira profunda – e traduziu-a numa norma simples. Viver hoje – fazer hoje. Ser hoje. Sem essa de não poder ser feliz no domingo porque há contas a pagar na segunda. O conflito é amanhã? Deixa pra lá..... Amanhã você pode ser até enforcado, mas até que chegue amanhã, aproveite bem o seu pescoço. Viver no passado é neurótico, é inútil, é um viver virtual. Carpe Diem, colha seu dia, como quem colhe um fruto maduro, na hora exata. Um descuido e o fruto se perde.

"Carpe Diem" quer dizer "colha o dia". Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

sexta-feira, 25 de março de 2011


É a fome passando; é a noite que não parece acabar; é o sorriso dando um adeus; é uma lagrima dando um ‘Olá’. É o coração parando de bater; é o pensamento intacto. É uma certeza virando uma duvida; é um sonho acabado. É a fraqueza no corpo; é o brilho do olhar sumindo; é uma dor constante; é o fim! O fim da felicidade, o fim da vida, o fim da alma.
Só restou a saudade, as lembranças, o amor e a vontade de escrever; dispensar tudo que o meu coração sente nesse momento; atitude em vão! Assim como ontem ele amou intensamente e sorriu verdadeiramente, hoje ele chora freqüentemente, mas continua amando. Um sentimento que eu desconhecia, e que hoje tenho plena convicção que existe. Um sentimento que me mudou por completa. Que conforta a alma; um sentimento da qual faz falta, porem que faz as forças e a persistência valerem a pena.
Algo novo e mágico! Hoje é como se o meu pilar principal tivesse caído, e eu estivesse sendo sustentada por uma pena que a qualquer momento pode voar junto com o vento que levou a minha felicidade. São as rasteiras que a vida dar. E lutar? Quando queremos muito uma coisa, independente do que seja nós lutamos por ela, pois vai nos fazer bem. E é assim sempre; é persistir, é ir até o fim, nem que o fim seja o fim da nossa vida.
Á um sentimento ao qual você só sente verdadeiramente uma vez: O AMOR! Lute por ele; cada sorriso, cada lagrima, cada palavra... tudo vai valer a pena. Porque o amor é algo sublime e eterno.
Eu vou sofrer, eu vou chorar lagrimas de sangue, mas eu vou lutar. Vou lutar pela minha vida e por aquilo que deu sentido a ela: VOCÊ, o meu amor por você. E por mais que você não acredite, eu vou te amar até o fim.


"Só deixarei de te amar, quando o manto negro da morte cair sobre mim, e mesmo assim, sobre a minha campa nascerá uma rosa e em suas pétalas estará escrito, de vermelho, com meu sangue: AINDA TE AMO!" [Jean-Poul Sartre]

quinta-feira, 3 de março de 2011

Paixão ou Amor?



Muitas vezes entramos em um relacionamento e já chegamos à conclusão que estamos amando aquele nosso companheiro (a); mas seria bom se parássemos para refletir sobre esse sentimento tão intenso e que muitas pessoas utilizam com tanta facilidade. Será que o que sentimos é realmente amor ou uma paixão? Muitas pessoas defendem que são dois sentimentos iguais, outras já preferem afirmar que eles se completam, e há ainda aquelas que acham que um é o resultado do outro.
Em um desses momentos filosóficos da minha vida, parei para pensar o que, de fato, seria amor e paixão, se entre esses dois sentimentos há uma distinção. Mas, diante mão, de uma coisa eu posso afirmar: todos os dois são intensos e maravilhosos, independente do conceito que leva cada um.
Começando a falar sobre paixão, que é um sentimento de desejo, de vontade. Uma saudade desesperadora. Desejo de estar perto. É sentir saudade dos melhores momentos. É euforia, loucura, súbita, é como um vendaval que chega agressivamente e destrói tudo a sua volta. É realmente uma coisa maravilhosa, mas destinado á um fim (quando não é transformado em amor). Já amor é o reforço da paixão, amar é lembrar não só dos melhores momentos, mas lembrar dos mais simples e usar essas lembranças para fortalecer a saudade e o carinho. Amar não é só gostar, chorar, lembrar. É juntar todos esses sentimentos e por em ordem na psique do coração. É admirar, sorrir, elogiar dos pequenos detalhes, só porque você esta amando. É não ter vergonha de olhar e dizer um “Eu Te Amo“. É duradouro, chega com calma, cresce de maneira progressiva, como uma brisa. É sentir a presença da pessoa amada sempre junto a você, mesmo estando a km de distancia. É compartilhar as alegrias, decepções, tristezas, medos e defeitos. É com um simples olhar, você descobrir tudo o que aquela pessoa quer te falar, mesmo sem precisar abrir a boca. É chegar sempre, independente de como esteja ou do que tenha acontecido contigo, e com os olhos radiante de brilho e amor e dizer o quanto você a ama e que a quer para sempre ao teu lado. É pensar no futuro ao lado dela, sentir saudade mesmo estando com a mesma 24 horas por dia. É não deixar que o medo e nem as pessoas destruam o que há de mais lindo em um relacionamento que é a CONFIANÇA.
Enquanto que na paixão pode haver dúvidas e dor, no amor há saúde e certeza do sentimento. Amar é ir além dos desafios e enfrentar todos pela pessoa amada, diferente da paixão em que o medo de não dar certo predomina e sempre destrói a auto-estima.
Amar é sermos diferentes de todos, é surpreendermos quem estar ao nosso lado. É amarmos primeiramente a nós, para depois termos a capacidade de amar outra pessoa. Pois, ele nos faz acreditar que a felicidade não está nas mãos de outra pessoa e sim em nossas mãos. Que só podemos ser felizes com alguém se conseguirmos ser felizes com nós mesmos. É sermos realista e ao mesmo tempo sonhador. Sermos amante e ao mesmo tempo sermos esposa. Amar é colocar o sentimento acima de tudo e confiar que DEUS pode tudo. É não reclamar e viver achando solução para tudo, sendo otimista e autor da sua própria historia. É valorizar. Ser apaixonado pela natureza. Controlar os pensamentos pessimistas e descobrir que só alcançaremos o pódio depois de varias derrotas.
Amar é olhar a pessoa companheira, deixando transparecer o que sua alma quer dizer. É com um simples gesto você tornar aquele dia inesquecível. É lembrar e chorar com uma simples palavra que a mesma falou para você. É ligar só para escutar o som da respiração. É sentir não só um frio na barriga quando fala, ou esta na frente da mesma, mas deixar transparecer todo carinho e amor que transborda no coração. No amor as pessoas são cúmplices, cuidadosas umas com as outras, já a paixão é totalmente egocêntrica e escandalosa. O amor é o fato de aceitar a outra pessoa com os seus devidos defeitos, aceitar que somos diferentes uns dos outros, e conviver bem com essas diferenças, já que realmente o que atrai um casal é o que um tem e o outro não. Paixão é agressiva, amor é delicado. Paixão destrói, amor constrói. O amor faz a gente querer ser mais, querer aprender mais para poder trocar com quem amamos novas lições de vida.
Por isso, hoje, tenho plena certeza que, mesmo sendo dois sentimentos diferentes, e mesmo o amor sendo concreto, mais estável e duradouro; a paixão também tem seus pontos positivos; e quem não acha bom viver uma paixão arrebatadora, e quem sabe ela não se transforme em um amor verdadeiro?

“Não há vida sem um pouco de paixão. O melhor seria vive-la apaixonadamente para que possamos ter um amor de verdade!”

terça-feira, 1 de março de 2011

Fácil e Difícil



"Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer. Ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende. E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto. Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer “oi” ou “como vai?”Difícil é dizer “adeus”. Principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas…

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa. Difícil é amar completamente só. Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.Difícil é ouvir a sua consciência. Acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.Difícil é seguí-las. Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.Difícil é estar preparado para escutar esta resposta. Ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.Difícil é entregar a alma. Sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.Difícil é ocupar o coração de alguém. Saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.Difícil é lutar por um sonho. Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata."


(Carlos Drumond)

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Sonhos;

...uma terapia, uma esperança ou uma utopia?




Quando crianças temos diversos sonhos, dos mais simples aos mais complexos. Durante o nosso crescimento, uns são quebrados, outros são trocados e outros concretizados, mas nunca deixamos de sonhar.
Uns têm os sonhos como uma forma de se ‘distanciar’ do mundo em que vive, como uma forma de amenizar os conflitos do dia-a-dia entregando-se a fantasias e devaneios; outros, vivem uma verdadeira esperança de que aqueles sonhos possam ser o seu futuro e fazem de tudo para realizá-los; mas tem aqueles que tem os sonhos como ficção ou uma ilusão que não passa de imagens que se apresentam ao espírito durante um sono. Entretanto, mesmo possuindo diferentes conceitos, todos nós sonhamos e sentimos bem ao sonhar (aqueles sonhos bons).
Já imaginou se alguém vem e tira esses sonhos de você? Você sentira falta, não sentira? Independente de qual seja o sonho, nós sentimos um enorme prazer de sonhar, pois é uma prova maior que estamos vivos e que ainda podemos, de uma maneira ou outra, ‘viver’ o que queremos.
Entrar em sua cabeça e retira-los de você não é possível, mas existe aquelas pessoas que podem ‘destruí-los’. Passamos dias, ou anos, sonhando em realizar algo, um desejo que muito almejamos e vem alguém e tira isso de você, como um adulto roubando o pirulito de uma criança faminta. Por mais que não viesse a realizar, mas o fato de você ter aquele sonho já lhe colocava de pé, já te dava um animo a mais para viver, pois você acreditava em uma realização futura. Só que devemos entender que ninguém esta dentro da nossa cabeça para saber o quanto a concretização desse sonho é importante para nós; seja ele bem simples, ele é importante.
Não deixe que ninguém te impeça de sonhar, de viajar em pensamento, de imaginar uma vida perfeita ao qual você tanto deseja... Mesmo que você só venha a realizá-lo no ultimo dia da sua vida, ou até nem venha, mas sonhar faz de você uma pessoa grande e humana, faz de você uma pessoa feliz!
Porque sonhar faz bem, para você e para quem esta ao seu redor.
Não faça do seu sonho uma simples ficção, que você vive apenas uma noite... Viva em seu sonho, viva o seu sonho!

Inspiração: Braminha! *-*

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Ser mãe!



Será que todas as mulheres estão preparadas para está nova fase?
Tive a oportunidade de conhecer varias mulheres, inclusive adolescentes, que fitaram o seu corpo com um ser. E uma das perguntas mais questionadas por mim era: “Você se sente preparada para ser mãe?” A maioria tinha como resposta um ‘sim’, outras falavam que não, mas que com o tempo iria adquirir; já aquelas ‘mães se segunda viagem’ afirmava argumentando que já tinha sido mãe e que dessa vez não seria diferente.
Mas, será que elas realmente entendiam a minha pergunta?
Quando uso a palavra ‘mãe’, não a uso relacionada a ‘gerar um filho e colocá-lo no mundo’. Ser mãe vai muito mais além do que isso!
Não importa a idade ou os filhos que já tem... Ter no seu ventre um ser humano e dar vida á ele não é algo muito fácil.
Tem pessoas novas, mas capacitadas, e outras mais velhas que possui uma certa dificuldade. Por quê?
Ser mãe é ser carinhosa, prestativa, conselheira, amiga, compreensiva, atenciosa, saber falar e ouvir, paciente e poder entender o lado do filho; é sentar e conversar sobre os diversos assuntos; é ter liberdade com ele, mas respeitar a mesma; é ter orgulho das pequenas coisas que ele faz, seja o primeiro passo, a primeira palavra, o primeiro beijo, o primeiro dia de aula, o resultado do vestibular, o jogo, a competição... é ser feliz junto com ele e abraçá-lo quando uma lagrima cair dos seus olhos;é chegar de um dia estressante e ver a casa toda bagunçada, mas com um sorriso focado em sua direção, e você ir ao encontro dele e beijá-lo; é evitar repetir aquela velha frase: “no meu tempo...” e viver no tempo dele; é ter capacidade de pedir desculpa quando errar e aceitar as desculpa dele quando ele cometer um erro; é não tentar comparar seus filhos um com os outros, pois cada pessoa tem sua própria personalidade, e não é o fato de ser irmãos que vai mudar isso. Trate todos como merecem ser tratados, mas com o mesmo amor.
Ser mãe é não descontar nele os seus problemas e frustrações; é tentar evitar frases ditas por impulso ou por estresse com outra coisa; é castigar quando necessário, mas dizer que o amo sempre.
Porque ser mãe é, acima de tudo, ter capacidade de amar.
E nunca esqueça: existe ex namorado, ex marido, mas nunca ex mãe ou ex filho.
Um dia seu filho vai crescer, criar asas, mas no teu coração sempre haverá o seu maior amor: a sua mãe.
E você, mãe, procure além de conquistar o amor do seu filho, dar motivos para que ele se orgulhe de ter você como mãe. E o mesmo para os filhos!

Educar e amar, duas tarefas para a mulher que almeja ser mãe.

E você? Será que esta preparada para conciliar os dois, e no final ser o maior orgulho do seu filho?


Obs.: Motivo de inspiração: conversa com Mariazinha! (:

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Sergio; fica na paz meu amigo!


Hoje o céu é contemplado com mais um anjinho, mais uma estrelinha, mais uma pitada de cor no arco-íres...
É Sergio, você agora nos deixa para ter uma nova companhia: DEUS. Sua missão foi cumprida, e sua vida terrena hoje tem um fim, mas sabemos que se encontra em um lugar fantástico e que hoje deixa de ser nosso amigo e passa a ser nosso protetor!
As recordações dos momentos ao seu lado permanecem intactas dentro dos nossos corações, e são essas lembranças que fazem com que continuemos a sorrir; pois são esses momentos que faz com que você permaneça vivo entre nós, dentro de nós.

“Nós, por mais que queiramos, ainda não conseguimos nos acostumar com essa partida ‘precoce’ dos nossos. Uma das coisas que me conforta é saber que as pessoas ‘apenas partem’, mas permanecem vivas em nossos corações! Deus, ‘quando nos chama’, tem a certeza que já cumprimos o nosso dever no plano terreno e nos quer ao seu lado, como anjos, cuidando de todos os que ficaram para cumprirem suas missões... A morte é o renascimento para uma nova vida! Não existe borboleta sem a morte da lagarta, não existe a rosa, a planta sem a morte da semente! Que Deus abençoe o futuro!”  (Dadiz)

Um orgulho; é assim que podemos defini-lo.
Um orgulho de pai, de filho, de avô, de irmão, de tio, de amigo... Um orgulho de pessoa!
Você passou por essa vida e deixou a sua marca especial; você é/foi e sempre será o orgulho e a razão de muitas pessoas.
O seu sorriso vai ficar guardado na nossa memória para sempre;
O carinho que sentíamos por ti, vai continuar aqui, conosco;
Sabemos que os dias não serão mais os mesmos sem a sua presença, a nossa vida não será mais a mesma sem você; mas, jamais, iremos esquecer-nos de ti e do tempo que permaneceu no meio de nós; Nós sempre iremos te amar!
E que DEUS esteja contigo!
Vá em Paz, meu amigo, meu segundo avô!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Irmãe.



Hoje, em especial, eu vim falar de alguém muito significante para mim. E talvez especial seja muito pouco diante da importância que ela tem na minha vida.
Dona Maria,
Você pode até estar indo embora, mas um pedaço seu vai ficar junto conosco. E, apesar de você esta indo hoje, desde ontem que eu sinto saudades. Até porque, ontem foi a minha ultima noite contigo, te aperriando e ouvindo você falar: “Lara estou com fome.”. Se bem que, durante esse tempo que esteve conosco, ontem foi a primeira noite que você não disse isso. ;)
Mas enfim, eu sentirei saudades das nossas conversas, das nossas risadas juntas, das nossas viagens, das nossas idéias (porque nós vamos ser sócias no trabalho né?), das nossas pirraças... saudade de você falando: “Lara me empresta seu celular.”. e quando eu demorava a dar, você ficava cantarolando até eu me estressar e te dar. Saudade das nossas fotos, das nossas dancinhas, das nossas saídas, da suas comidas, dos conselhos... De te seguir pela casa, de te usar como travesseiro, de sentir-se livre quando andava de carro com você, dos nossos sonhos e planos, de ser aperriada por você (até nos sonhos, né?)... Do arrastão que começou no alto e só você conseguiu ver, de estar ao seu lado e receber uma ligação sua só para conversar em conferencia, das suas leseiras, das nossas conversas intelectuais e que de intelectuais não tinham nada, das nossas musicas, de acordar ouvindo Lady Gaga, de cantar com você, de ver você mandando eu ir... :x melhor não comentar, sem falar da sena você me mostrando o dedo, né? Kkkk, Dona Irene ainda aprendeu com você. Eu sentirei muita a sua falta; falta do nosso companheirismo, das nossas besteiras, dos nossos momentos felizes e os tristes também... das nossas preguiças. De você falando: “Era pra não pagar energia nem água, para quando entrarmos nos cantos já estar tudo gelado.”. Só você mesmo viu?
Porque só você para conseguir colocar tanta roupa em uma mala só. Só você para fazer eu furar a fila do banco só para limpar a vista e ver se tinha pneu para vender, kkkkkkkkkkkk!
“êh lá em casa”, “eu juro que eu vou lhe matar”, “eu não lhe agüento mais”, “vai-te a merda”, “você dormiu comigo?”, “pare de me agarrar de noite, ome” (se eu tivesse visto todas as noites o que eu vi ontem, eu juro que tinha feito uma parede entre a gente :x)... kkkkkkkk, e mais e mais frases que era sagrado eu ouvir todos os dias.
“Me respeite, eu sou sua irmã e, ainda mais, a mais velha.” Você esqueceu de dizer que alem de irmã, e a mais velha, você é minha amiga e minha mãe, né? Mas precisa mesmo respeitar? Kkkk ;)
“Lara não bata em Péricles quando eu bater, se não eu perco a moral.” Sei não viu, quem ta sem moral sou eu, né?
Confesso que vou sentir mais falta ainda é do ‘talquinho’ de todas as noites e de alguém para matar as muriçocas, mas POR FAVOR, próxima vez não der na minha cara nem manche a parede do meu quarto viu? Dona Irene e eu, agradecemos. ;)
E quem vai fazer as muriçocas tocarem em orquestra? Junto com a musica... kkkkk!
E quem vai dizer: “Todo mundo se apaixona pela Lara.” é de Família, ta?
E quem vai ocupar a outra metade do meu guarda-roupa? =/
Infelizmente isso tem que acontecer, e mesmo não gostando de despedidas, eu vou ter que me despedir de você mais uma vez. Que droga :/
Mas, diante de tantas saudades, eu só posso é agradecer a você por ter vindo e ter me prestigiado com magníficos momentos que jamais saíram da minha memória, do meu coração, e principalmente, aquele momento em que, pela primeira vez, eu vi toda a minha Família reunida, Obrigada minha irmã. E maiormente, sou grata a DEUS por ter me dado você e pela promessa que Ele me faz de te proteger e te abençoar grandemente! É o que mais me conforta. E saiba que, onde você estiver, onde eu estiver, eu sempre estarei contigo, no sangue, na vida, no coração; estarei sempre ao teu lado, minha irmã. E sempre te amarei, não só pelo fato de ser minha irmã, mas por ter conquistado um espaço em minha vida de uma grande amiga, de uma mãe. Eu te amo, ontem, hoje e eternamente. Minha irmãe. DEUS abençoe você sempre, e todos os dias da sua vida escute, eu irei dizer baixinho, mas minha voz alcançara o teu coração com um sincero e intenso: EU TE AMO.
Boa viagem ;)
e não esqueça: "Você ERA feia, agora você tem carro." kkkk, bisha besta que eu amo.

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Apaixonar-se!



Como se fosse a primeira vez.”
Já parou para pensar o quanto é bom se apaixonar por alguém? O quanto é bom fazer o outro feliz? E sentir-se realizada (o)?
A conquista as vezes se torna tão fácil que achamos o bastante para se eternizar. Conquistar-se por um minuto, por um olhar, por um sorriso, por uma palavra... enfim, conquistar-se rapidamente é fácil. Mas e eternizar essa conquista, é fácil?
Bom seria se soubéssemos conquistar o (a) amado (a) todos os dias da nossa vida... Bom seria se nossa paixão não fosse apenas pelo beijo, pelas caricias, mas fosse uma paixão pessoal. Apaixonar-se por você e pela outra pessoa! Apaixonar-se todos os dias... Fazer a pessoa amada sentir-se feliz todos os dias, como se fosse o primeiro dia. Beijá-la sempre como se fosse o primeiro beijo, daquele primeiro encontro, das primeiras palavras amorosas pronunciadas; falar-se sempre o quanto és especial, linda, maravilhosa, e o quanto és amada como se fosse a primeira vez que você a estivesse vendo. Cheirá-la sempre, mesmo quando ela acabar de acordar ou quando você acabar de chegar de um dia estressado; cheirá-la com o carinho de um amigo, um homem apaixonado. Fazer com que ela sinta as batidas do seu coração como a primeira vez que ela sorriu para você; mostrar para ela o brilho do seu olhar todos os dias quando a vê, como a primeira vez que você a olhou, mesmo de longe. Tocá-la, acariciá-la, levá-la para lugares bonitos, só para ver o pôr do sol, o sair da lua, o brilho das estrelas, a beleza do arco-íris, fazer pipoca e assistir um filme juntos, sem motivo algum, só porque você é apaixonado por ela hoje mais do que ontem. Fazer com que vocês se sintam como dois adolescentes apaixonados e que só querem ser felizes; corram risco; pule, dance, beije, ame, apaixone-se cada dia mais e mais.
Apaixone-se e faça apaixonar-se por você!!!
Porque a melhor sensação que você pode sentir, e talvez a única, é se apaixonar, e fazer com que você viva hoje como se o amanhã não existisse; é fazer tudo como se fosse a primeira vez! É amar.

"Ya no duele porque al fin ya te encontré. Te he buscado en un millón de auroras Y Ninguna me enamora como tú sabes."  (Alejandro Sanz)

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Mudanças!





"Quando dizemos coisas como “as pessoas não mudam”, deixamos os cientistas loucos.
Porque a mudança é literalmente a única constante da ciência.
Energia… Matéria… Estão sempre mudando. Transformando-se… Fundindo-se… Crescendo… Morrendo.
O modo como as pessoas tentam não mudar que não é natural.
Como queremos que as coisas voltem, em vez de as aceitarmos.
Como nos prendemos a velhas memórias, em vez de criarmos novas.
O modo como insistimos em acreditar, apesar de todas as provas contrárias, de que algo nessa vida é permanente.
A mudança é constante.
Como experimentamos a mudança, depende de nós. Pode parecer a morte ou uma segunda chance.
Se relaxarmos os dedos, nos desapegar, irmos em frente: pode ser adrenalina pura.
Como se a qualquer momento tivéssemos uma nova chance.
Como se a qualquer momento pudéssemos nascer de novo."



- Grey's Anatomy -



sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Os Verdadeiros...



É quando menos você espera que as verdadeiras amizades surgem!
E em falar de amizade, acabo de receber uma ligação de uma pessoa que tanto admiro, mas o melhor, que não tive o prazer de conhecer pessoalmente ainda. Um exemplo de amiga, filha, pessoa, irmã. Sinto-me honrada em tê-la em minha vida, Braminha, não só você, mas todas aquelas que eu posso chamar de amiga; e em especial ao meu quarteto, ou como diz Nychett, ao meu grupinho – risos -.
Mas, enfim, não perdendo o foco...
Pergunto eu, será que existe tempo bom para fazer amizade?
Não existe tempo, momento, dia, hora, humor...
Pessoas aparecem diariamente em sua vida, porem poucas permanecem. E ao citar o nome permanência, não falo em duração, mas em companheirismo.  Aquele que, independente da situação que estas passando, ele vai te ajudar, mesmo que seja com um belo sorriso ou um simples: “Vai dar tudo certo.”. Pois são nos piores momentos que descobrimos os verdadeiros!!!
Não são simples pessoas, nem simples amigos...
São aqueles que vão estar ali com você quando o mundo te virar as costas;
     Aqueles que te fará sorrir com uma piada boba, só para te fazer sorrir;
     Aqueles que não possuem o mesmo tipo sanguíneo que o seu, mas pode ser chamados de irmãos;
     Aqueles que a falta de um contato físico não interfere na confiança;
     Aqueles que não deixa que te magoem;
     Aqueles que te fazem sentir importante até mesmo depois de uma decepção;
     Aqueles que te ver errando e ao invés de virar as costas, pegam em tuas mãos e te ensinam o caminho certo a seguir;
    Aqueles que te aceitam com qualidades e defeitos;
    Aqueles que fazem de pequenos momentos, inexplicáveis;
    Aqueles que não deixam que alguns km venha a interferir o carinho e a consideração;
    Aqueles que quando bate saudade manda cartinha, e-mail, mensagem, recado etc., sem medo de ser chamado de cafona ou sem deixar que o orgulho fale mais alto;
    Aqueles que você pode passar dias/meses/anos sem se falar, mas quando fala é o mesmo amor de como se falassem todos os dias;
   Aqueles que ligam de meia noite só para perguntar como você esta, ou para dizer que esta com saudades, ou para dizer que esta vendo almas – risos (Luana amor, te amo viu?) – e você não se irrita;
   Aqueles que estão contigo até na hora do ‘vamos ver’;
   Aqueles que tem vários amigos, mas que cada um tem sua importância, sem que nenhum deixe de ser fundamental;
São aqueles que entram em sua vida para construir, junto contigo, um novo capitulo de boas recordações, e que independente do tempo de duração em sua vida, eles marcam, marcam para sempre, ou melhor, eles se eternizam.
Pelo simples fato de serem AMIGOS, amigos verdadeiros, sinceros, únicos.
 Amigos essenciais, os meus amigos!

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

A vida...


Quantos erros cometemos pra depois se arrepender. A vida é assim ganhar ou perder. Toda ação tem uma reação, isso é fato. É complicado, mas não difícil de entender. É preciso viver cada instante como se fosse o último, é preciso agir com felicidade, é preciso sorrir com o coração. Eu quero amar, me divertir, dançar e ser quem eu sou acima de tudo. Porque eu preciso me libertar desse mundo aonde a mentira se tornou um modo de viver. E enfim, preciso relaxar e não desmerecer o tempo que eu tenho pra saber o que a vida tem a me dizer, e no final das contas ter certeza que valeu a pena cada minuto que eu vivi e não me arrepender de nada que fiz. :*

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011



"Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre."
(Clarice Lispector)

Ontem!!!

Ontem eu fiz tudo aquilo que eu gostaria de fazer por muito tempo...
Eu fiz tudo aquilo de que minha alma estava sentindo falta!
Eu pulei, dei gargalhadas, dancei, falei, gritei, caí, chorei, disse: ‘Eu te amo’, ouvi: ‘Eu te amo’, abracei, bati, comi, estressei, li, cantei... e isso tudo me olhando no espelho, só eu e minha face, só eu e meu eu interior. Foi perfeito; como se eu não tivesse satisfação a dar a ninguém, como se meu mundo fosse somente aquele. Uma perfeição, um sonho a ser vivido, um sonho tão almejado por mim. E ontem eu vivi! Por alguns minutos eu pude fazer tudo aquilo que sentia vontade, só por alguns minutos, mas foi o bastante para sentir uma alegria ao qual já estava desconhecendo. Eu só não entendo porque levei tanto tempo para viver aquele momento. Foi um sentimento de liberdade tão intenso, tão maravilhoso que por mim, a vida teria um fim ali, naquele momento. Eu fechei os olhos e deixei a vida me levar. Exagero da minha parte? Não, jamais. Infelizmente não tenho costume de fazer isso, e há muito tempo que não me sentia assim, não levantava minha cabeça para as pequenas coisas. Das coisas que eu gosto e que me faz feliz. Vivo em uma constante lamentação pelas chances que eu tive e desperdicei, por capricho, talvez. Mas sei que não é tarde demais para refazer, e sei que aquele momento será vivido por mim a cada lembrança, como a pureza de um beija flor. Meu coração se recusa a esquecer toda a surpreendente alegria que eu vivi por alguns minutos. E a minha alma será eternamente grata. Viva, viva sempre, viva com os pequenos detalhes, viva com você! 

“Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.”